25
JUN
2014

INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS

Dr. Howard Gardner desenvolveu a chamada INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS, hoje utilizada em mais de 15 países.
Não utiliza provas, nem métodos sensoriais.
Gardner acredita que possuímos habilidades diferenciadas para cada tipo de atividade e, portanto, possuímos mais de um tipo de inteligência, embora todas estejam interligadas.

Linguística Verbal:
É a capacidade de formular o pensamento em palavras e usar a linguagem de maneira eficaz. Inclui a sensibilidade para os sons, significados e as funções das palavras. Nos permite recordar, analisar, resolver problemas, planificar e criar. As bases da inteligência linguístico verbal se estabelecem antes do nascimento já que a audição se desenvolve intraterinamente. Está ai a importância, de falar, ler e cantar para a criança no período gestacional.
Manifesta as seguintes destreza: A compreensão de ordem e do significado das palavras, possibilidade de ensinar, explicar e aprender, junto a uma boa disposição para entender o humor linguístico e cria-lo, é a arte de convencer a outros a facilidade de memorizar e recordar. Tem também a possibilidade de realizar uma análise meta linguística.
Exemplo: Paulo Freire

Lógico Matemática:
É a capacidade para usar os números de maneira efetiva e racionalizar adequadamente. Inclui a sensibilidade de esquemas e as relações lógicas, afirmações e proposições e as funções e outras abstrações relacionadas com o pensamento matemático. Implica na habilidade para resolver problemas matemáticos e uso de procedimentos científicos e a utilização adequada do raciocínio indutivo e dedutivo.
Suas destrezas mais notórias são o poder de reconhecer padrões abstratos, ser capaz de resolver um cálculo complexo e a possibilidade de utilizar um raciocínio estritamente cientifico.
Exemplo: Einstein

Inteligência Intra Pessoal:
É o conhecimento de si mesmo e a habilidade de se adaptar a própria maneira de atuar a partir desse conhecimento. Implica na auto reflexão, na meta cognição e na correção percepção de si mesmo. Inclui o conhecimento das próprias habilidades e limitações, a consciência dos estados de ânimo interiores, as intenções e motivações, os medos e desejos, a capacidade de auto disciplina e auto estima e o conhecimento do seu temperamento e caráter. São destrezas desta inteligência a concentração, a apreciação da própria experiência, a capacidade de pensar sobre o exercício do seu próprio pensamento, um racionamento correto e de nível superior, ou igual que se desenvolve do pensamento e da consciência dos seus sentimentos, junto com a facilidade para expressá-los.
Exemplo:

Inteligência Interpessoal:
É a capacidade de compreender os demais e interagir eficazmente com eles. Inclui a capacidade para discernir e responder de maneira adequada ao estado de ânimo, os temperamentos, as motivações e os desejos de outras pessoas e a habilidade para formar e manter relações e assumir cargos dentro de um grupo. São algumas de suas destrezas a comunicação afetiva, tanto a verbal como a não verbal, a capacidade de entender os estado de ânimo, os sentimentos e as motivações dos demais.
Manifesta uma boa capacidade para trabalhar cooperativamente em grupo, escuta e aprecia a perspectiva dos outros, mesmo quando difere da sua, simpatiza com os demais e é capaz de criar e manter uma boa energia em grupo.
Exemplo: Mártin Luther King

Inteligência Visual Espacial:
É a capacidade de pensar em três dimensões. A habilidade para perceber de forma precisa o mundo visual e espacial e efetuar transformações a partir dessas percepções. É capaz de produzir e decodificar informações gráficas. Inclui a sensibilidade a cores, linhas, formas e é o espaço da relação entre estes elementos. Implica também na capacidade de visualizar, de representar de maneira gráfica as idéias. Entre as destrezas específicas ocupam um lugar de destaque a imaginação ativa, a grande capacidade de formar imagens mentais, uma boa orientação espacial e a facilidade de levar a cabo representações gráficas é de fácil reconhecimento de relações entre objetos situados no espaço a possibilidade de manipular imagens mentalmente e a percepção exata de uma realidade desde perspectivas muito distintas.
Exemplo: Sebastião Salgado

Inteligência Musical
É a capacidade de produzir e apreciar tanto um ritmo com um tom em um timbre de sons e de valorizar as distintas formas de expressão musical. Inclui a sensibilidade para perceber e identificar as formas musicais e transformá-las. Permite reconhecer, criar e reproduzir suas destrezas e a apreciação da estrutura e de um ritmo musical, unindo a capacidade de desenvolver esquemas para a audição da música e seu ritimo, em uma grande sensibilidade para o som que facilita reconhecer, criar e reproduzir uma melodia.
Exemplo: Tom Jobin

Inteligência Corporal Cinestésica:
É a capacidade de usar todo o corpo para expressar ideias e sentimentos, realizar atividades e resolver problemas. Começa com o controle dos movimentos automáticos e voluntários, até conseguir empregar o corpo de maneira altamente diferenciada e competente. Inclui também a facilidade do uso das suas próprias mãos para produzir e transformar, se manifesta por destrezas concretas como ter consciência corporal, ter um bom controle dos movimentos corporais e a possibilidade de programá-los, estabelecer conexões entre a mente e o corpo, desenvolver habilidades milimétricas e conseguir uma melhora das diferentes funções corporais.
Exemplo: Daiane dos Santos

Inteligência Naturalista:
É a capacidade que tem as pessoas para distinguir, classificar e utilizar elementos do meio ambiente, objetos, animais ou plantas – tanto do ambiente urbano como suburbano e do rural. De maneira geral esta inteligência implica no entendimento do mundo natural incluindo as plantas, os animais e a observação científica da natureza. Conta com muitas destrezas, entre as quais figuram a comunicação com a natureza a sensibilidade de fazer florar naturalmente que chega a admiração e a busca de novos elementos, habilidade de cuidar e interagir com seres vivos, o reconhecimento e a classificação das espécies, o cultivo das plantas e a capacidade de apreciar o impacto da natureza.
Exemplo: Charles Darwin